quarta-feira, 21 de julho de 2010

Sobre o ponto final

Li, em algum lugar, que escrever é muito facil: começa-se com uma letra maiúscula e termina-se com um ponto final. E aí é que mora o problema. O ponto final.

A Encantadora de Palavras tem sido uma bélíssima distração para mim. Tem me acompanhado durante meses e me divertido. E, por incrível que pareça, a Carolina - personagem principal da história - conseguiu meu afeto. Gosto dela como se ela de fato existisse. Tá, vai. Isso ficou parecendo papo de mãe coruja, mas é meio que por aí mesmo. É exatamente por isso que seria uma injustiça enorme com a personagem construir para ela um final que não faça jus a tudo o que ela fez durante o livro.

E tem também o ato de terminar. Pode parecer que eu esteja ficando doida, e na verdade acho que tem um pouco disso mesmo, mas terminar seria me despedir dessa história. Fica uma insegurança e uma sensação de perda esquisitas. Insegurança porque, ao terminar, vou mandar a Carolina para mais uma missão: a de virar papel. E isso vem com um caminhão de outras preocupações, como se fosse o primeiro dia de aula do primeiro filho: medo de que não gostem dela ou de que a achem boba ou de que ela não se encaixe em nenhuma turma. Se bem que todos nós tivemos amigos e desafetos, não?

De qualquer forma, provavelmente, hoje escrevo o final dessa história. Provavelmente! E se no final das contas eu achar que fui injusta com a Carolina, sempre há a chance de refazer. Porque o papel em branco aceita tudo, não?
Então é isso. Ponto final, aqui vamos nós. \o/

Beijinhos


3 comentários:

Carol disse...

Essa Carolina tem um nome tão bonito.
Essa é uma daquelas histórias que eu viro e digo: "eu preciso ler isso!!!"
Bjok

Guigo em London disse...

Eu acho que ainda não virou livro né?? kkkk Mas eu já comecei a visualizar uma animação em 3D. Anima?

Fernanda Coelho disse...

Hahahahahahah. Pois é. Esse foi um dos primeiros textos. Fato é que a história acabou virando livro. Agora só falta editar. rsrsr
Aposto que a Carolina gostaria de se ver em 3D. A danadinha é ambiciosa. No melhor sentido da palavra.
Obrigada pela visita, Guigo. Volte sempre =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...